domingo, 18 de dezembro de 2016

ABIH-CE homenageia Chanceler Airton Queiroz (UNIFOR)

Vice­reitor de Extensão da Unifor, Randal Pompeu, representou
 o Chanceler Airton Queiroz e recebeu o Prêmio do secretário  de
 Turismo do Estado, Arialdo Pinho (esquerda) e do presidente  da
ABIH­CE, Eliseu Barros (direita) ( Foto: Kleber A. Gonçalves )
O Chanceler Airton Queiroz foi homenageado, na noite dessa sexta­feira (16), com o Troféu Habib Ary ­ Personalidade Turística 2016, concedido pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis Ceará (ABIH­CE). A homenagem foi um reconhecimento do seu trabalho em prol do fortalecimento da atividade turística no Estado. O vice­reitor de Extensão e Comunidade Acadêmica da Universidade de Fortaleza (Unifor), Randal Pompeu, que representou o chanceler durante a cerimônia, realizada nos salões Aventino e Caelius, do Hotel Gran Marquise, leu o discurso enviado por Airton Queiroz em agradecimento à ABIH­CE. "O troféu Habib Ary é, sem dúvida, uma reverência das mais significativas, haja vista que é outorgado a pessoas e entidades que proporcionam relevantes serviços ao turismo do Ceará, segmento que, como sabemos, movimenta centenas de milhares de empregos diretos e indiretos em todo o Estado. Ao investir continuamente em arte e cultura, tenho o objetivo não só de democratizar o acesso às artes e assim proporcionar uma formação completa a crianças, jovens e adultos, mas também o objetivo de inserir o Estado do Ceará como importante opção de destino cultural, quebrando o paradigma de que aqui só há praias a serem visitadas e inclusive qualificando o perfil do viajante que chega à nossa terra", assinalou. O Chanceler Airton Queiroz recebeu o Troféu da ABIH­CE dois meses depois de a Prefeitura de Fortaleza ter reconhecido o Espaço Cultural Unifor como patrimônio turístico do Município. "O Prêmio concedido pela ABIH­CE é um reconhecimento do trabalho do Chanceler Airton Queiroz. Acredito que ele é uma das personalidades que mais promove a cultura no Estado do Ceará e, obviamente, a cultura caminha junto com o turismo", reiterou Arialdo Pinho, secretário do Turismo do Estado do Ceará, presente à solenidade. O secretário de Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, lembrou que a Capital oferece muito mais do que sol, praia e turismo de negócios. "A Universidade de Fortaleza, através do Chanceler, tem contribuído muito para o crescimento do turismo com o Espaço Cultural Unifor. Merecidamente, ele está recebendo essa homenagem e merece muito mais reconhecimento do trade turístico por toda essa contribuição que vem dando para o engrandecimento do turismo na nossa cidade", observou. O presidente da ABIH­CE, Eliseu Barros, salientou a importância do papel do Chanceler e da Unifor na qualificação dos profissionais de turismo do Estado. "A Universidade de Fortaleza foi pioneira na criação do curso de Turismo e Hotelaria no Ceará e, com o Espaço Cultural Unifor, vai ajudar na qualificação do turista que vem para cá. Não existe em nenhum lugar do Nordeste um espaço como aquele", disse. Barros acrescentou que a ABIH­CE já vem divulgando o Espaço Cultural Unifor e a partir de 2017 isso irá se intensificar. "Todas as nossas ações vão incluir o Espaço como um grande local para ser visitado, o que vai atrair muitos turistas para cá e, então, irá se criar um turismo cultural", prevê

Fonte: Jornal Diário do Nordeste

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

FIEC sedia reunião da Frente Parlamentar do São Francisco com o setor produtivo

O encontro teve como objetivo discutir propostas e soluções para
mitigar os efeitos da seca e evitar o colapso hídrico no Ceará.
A Casa da Indústria foi palco nesta segunda-feira (12/12) de reunião de trabalho da Frente Parlamentar do São Francisco na Assembleia Legislativa, presidida pelo deputado estadual Carlos Matos (PSDB), com o setor produtivo. O encontro teve como objetivo discutir propostas e soluções para mitigar os efeitos da seca e evitar o colapso hídrico no Ceará. Participaram do encontro  o presidente da FIEC, Beto Studart, e representantes da Fecomércio, FCDL, CDL, FAEC, FACIC, ACC, OAB, ACERT, além de líderes empresariais, do setor rural e dos parlamentares Evandro Leitão (PDT), Heitor Ferrer (PSB), Zé Ailton Brasil (PP) e Raimundo Gomes de Matos (PSDB).
O deputado estadual Carlos Matos iniciou a reunião falando sobre os impactos socioeconômicos gerados pela estiagem e a situação hídrica atual do Ceará, onde o armazenamento de água nos reservatórios é de apenas cerca de 7% do volume total. Em seguida, apresentou 21 propostas para evitar o desabastecimento de água no Estado e uma agenda de ações para os governos estadual e federal, setor produtivo e sociedade. “Não há solução melhor que a chuva. Mas isso não está sob nosso controle. Pensar em mitigar os efeitos da estiagem é o mais prudente para evitar o colapso hídrico e minimizar os impactos socioeconômicos. Precisamos buscar medidas que possam favorecer o uso racional da água. A questão não é o que o governo fez ou deixou de fazer. A questão é: existe um risco de colapso e o que nós todos – governos e sociedade civil – podemos fazer juntos para abrandá-lo? ”, disse Carlos Matos. 
O presidente do Conselho Temático do Agronegócio da FIEC, Bessa Júnior, afirmou que o setor produtivo está preocupado com o problema hídrico e que tem procurado avançar cada vez mais para contribuir com a causa. “O agronegócio tem investido em novas tecnologias para reduzir o consumo de água. A indústria, por sua vez, investe no reuso de água. Para se ter uma ideia, 30% das industrias do Distrito Industrial de Maracanaú trabalham o reuso. No entanto, ainda é preciso avançar mais porque a situação é urgente. Quando a FIEC se junta a esse grupo é porque entendemos que o Governo do Estado não pode ficar só diante da gravidade do problema”, declarou.
A reunião aconteceu após a divulgação na última sexta-feira (9/12) de manifesto intitulado "Falta D'Água - Estado de Alerta Máximo!", publicado na imprensa local que chama atenção para o risco de colapso no Estado e cobrando o engajamento de todos no enfrentamento ao problema hídrico. O manifesto diz que é hora de “somarmos forças”. “Precisamos cobrar compromisso e assumir responsabilidades neste difícil momento pelo qual passa o Ceará”, conclui a publicação.
Fonte: Portal SFIEC

sábado, 10 de dezembro de 2016

Francisco Lavanery, da Apiguana, recebe o Troféu Iracema 2016

Em solenidade realizada na noite desta sexta-feira, 09 no La Maison, que contou com a presença
de várias autoridades entre elas, o presidente do CDL Severino Neto,Governador do Estado
Camilo Santana, presidente do FCDL Honório Pinheiro além de políticos e convidados. 
O empresário Francisco Lavanery de Sampaio Wanderley, presidente da Apiguana, foi o nome escolhido para receber o Troféu Iracema. A Apiguana tem mais de 50 anos de atividade no comércio fortalezense. Em 2015, a comenda foi entregue ao empresário Lívio Parente, da Casa Parente.
O anúncio do Lojista do Ano foi feito no último dia 17 de outubro pelo presidente da CDL de Fortaleza, Severino Neto, durante reunião de diretoria. O processo de eleição foi feito via internet com os associados. Os cinco primeiros lugares foram indicados para votação. Em seguida, a Diretoria de forma secreta escolheu um dos nomes para receber o Troféu Iracema, a maior comenda do comércio cearense.



Tajetória
Lavanery, titular do Grupo Apiguana, composto por cinco lojas em
de Fortaleza , um centro de distribuição localizado em Maracanaú

Lavanery Wanderley começou sua trajetória profissional como vendedor de ferramentas em Recife, Pernambuco. Foi comprador, entregador, cobrador e dono de posto de gasolina. Foi empreendedor em vários negócios, como exportação de plantas ornamentais, criação de gado e, principalmente, venda de máquinas e ferramentas, negócio que, atualmente, compõe a Apiguana, empresa líder no segmento do Estado do Ceará.
        Criada em 1965, o nome da empresa vem da sua antiga denominação, "Autopeças Industrial Guanabara". Começou com uma pequena loja, no Centro da cidade de Fortaleza, na rua Barão do Rio Branco. Algumas vendas aconteciam de porta em porta, e os clientes tornavam-se, por vezes, amigos. Hoje, a Apiguana é uma das mais tradicionais empresas do Estado, empregando mais de 500 pessoas.
        O Grupo Apiguana é composto por cinco lojas em funcionamento na cidade de Fortaleza, um centro de distribuição localizado em Maracanaú, uma assistência técnica especializada e um posto de combustível. O grupo atende ainda os seus clientes pelo call center, nas regiões Norte e Nordeste.