Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

SESI entra na campanha de vacinação contra gripe

Campanha de vacinação do Sesi vai imunizar 900 trabalhadores
de 6 mil empresas e sindicatos industriais

O Serviço Social da Indústria (SESI/CE), entidade componente do Sistema FIEC, recebe até o próximo dia 15 de março adesão de empresas à Campanha de Vacinação de Combate à Gripe. As empresas e sindicatos industriais interessados em imunizar trabalhadores devem procurar a entidade, por meio do Núcleo da Parangaba. Já em Juazeiro do Norte e Sobral, as empresas devem procurar os núcleos do SESI dali.
A campanha, que vai imunizar 900 mil trabalhadores de 6 mil empresas e sindicatos industriais de todo o país até junho, é realizada em parceria com a Sanofi Pasteur. Além da aplicação das doses de vacina, as empresas terão orientações sobre a campanha e os efeitos da vacina. Receberão ainda um estudo que avaliará a redução dos casos de absenteísmo por gripe e se houve diminuição de custos por afastamentos pela doença.
Em 2012, o SESI imunizou 466 mil trabalhadores, pouco mais da metade do programado para este ano. No Ceará, 52 mil trabalhadores foram vacinados em 2012. A campanha de vacinação na indústria complementa a que é realizada anualmente pelo governo federal, que imuniza grupos de maior risco, como crianças de até dois anos, gestantes, profissionais de saúde, idosos, índios e doentes crônicos.
A vacinação – adotada na indústria pelos departamentos regionais do SESI há cinco anos – é a principal estratégia para evitar as faltas ao trabalho e a queda de produtividade dos profissionais relacionadas à gripe. A ação ainda pode reduzir os gastos com consultas médicas e compra de medicamentos.
A gripe afeta cerca de 600 milhões de pessoas por ano. De acordo com estimativas da Organização Mundial da Saúde (OMS), essa doença causada pelo vírus Influenza atinge entre 5% e 10% da população adulta e entre 20% e 30% das crianças mundialmente. Por ano, ocorrem entre 3 a 5 milhões de casos graves e de 250 mil a 500 mil mortes em todo o mundo.
Com base na incidência da gripe sobre a população adulta estimada pela OMS, a médica Isabella Ballalai, diretora da Associação Brasileira de Imunizações, acredita que no Brasil a gripe afete por ano entre sete a 14 milhões de pessoas em idade produtiva.
Só os Estados Unidos estimam em U$ 11 bilhões por ano os custos gerados pela gripe e suas complicações. Entre os gastos diretos, avaliados em U$ 2,2 bilhões, estão as internações, as consultas médicas e as compras de medicamentos. Já o absenteísmo, o presenteísmo e a queda de produtividade formam os custos indiretos, que somam U$ 8,8 bilhões. Nesse país, estima-se que a gripe provoque a perda de 44 milhões de dias produtivos por ano.

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Turismo da Paraíba é mostrado na Europa

Praia de Areia Vermelha em João Pessoa/PB
Os atrativos turísticos da Paraíba serão apresentados em dois importantes eventos na Europa. A partir desta quarta-feira, 27, tem início a Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) que vai reunir, até o próximo dia 3 de março, empresários de 180 países que apostam no turismo com atividade econômica estratégica. O Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) está disponibilizando um estande, onde a Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) vai ocupar espaço. A programação da BTL prevê a realização de workshops temáticos, apresentações de destino, provas gastronômicas e apresentações culturais. O vice-governador Rômulo Gouveia vai participar do evento.
O potencial turístico do “Destino Paraíba” vai ser apresentado por meio de vasto material promocional em formato DVD, folder e revista, que está sendo apresentado pelo turismólogo e técnico da PBTur, Klaus Botelho. Ele é fluente em alemão, espanhol e inglês. Teremos a oportunidade de massificar esses roteiros para um público seleto”, reforçou a presidente da PBTur, Ruth Avelino.
A executiva destacou que o Governo do Estado tem intensificado a divulgação do “Destino Paraíba” em feiras no Brasil e no exterior, e que o segmento turístico é uma das prioridades no processo de geração de emprego e renda. “A presença da Paraíba na BTL reafirma o nosso compromisso de divulgar os roteiros turísticos locais, na busca de ampliar a visita de turistas estrangeiros”, disse.

441 novas antenas de celular para atender a demanda

441 novas antenas deverão ser instaladas em Fortaleza
O Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal estima que as 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 vão precisar de 9.566 licenças para a instalação de antenas de quarta geração da telefonia móvel (4G). Desse total, 441 seriam necessárias para Fortaleza.
Uma lei federal para unificar as regras sobre instalação de antenas nos municípios brasileiros foi aprovada no Senado, e a expectativa do governo é que a matéria seja analisada pela Câmara dos Deputados no primeiro semestre deste ano.
Para o sindicato, a lei vem no momento em que é crescente a demanda da população brasileira por serviços móveis, especialmente a banda larga no celular. 
De acordo com a entidade, a cidade que mais exigirá antenas será São Paulo, com 2.784. Em segundo lugar, aparece o Rio de Janeiro, com 1.723, seguido de Brasília, com 954. Na sequência, Porto Alegre, com 665, e em quinto lugar Curitiba, com 652 antenas. Em sexto, está Belo Horizonte, com 642, à frente de Salvador (564), Recife (490), Fortaleza (441), Manaus (271), Cuiabá (215) e Natal (165).

Tecnologia 4G
A primeira faixa de frequência que será usada no Brasil pela tecnologia 4G será a de 2,5 giga-hertz, leiloada no ano passado. Segundo o sindicato, a frequência exige número de antenas duas a três vezes superior ao que é necessário para a tecnologia de terceira geração (3G), que é usada atualmente para o acesso à internet móvel. A entidade estima que será necessária a implantação de uma média de 30 Estações Rádio Base por dia para atender as necessidades da Copa.
Pelo cronograma de instalação, previsto no edital, a 4G deve estar funcionando em abril deste ano nas cidades-sede da Copa das Confederações e em dezembro de 2013 nas cidades-sede da Copa do Mundo. As prestadoras de telefonia móvel assinaram termo de compromisso para o compartilhamento de infraestrutura de 4G.
Recentemente, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, pediu apoio dos prefeitos para facilitar a instalação de antenas e torres de celulares no país. “Precisamos ter qualidade, precisamos ter cobertura, as pessoas estão reclamando. Precisamos ter serviço de melhor qualidade, mas se os municípios não deixarem instalar antenas, não vai ter o serviço”, ressaltou.

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

FIEC debate auxílio financeiro da União aos exportadores

Roberto Macedo (presidente da Fiec)
O Conselho de Relações Internacionais da FIEC (Corin) realiza nesta quarta-feira, 27 de fevereiro, às 18 horas, na cobertura da Casa da Indústria, a sua primeira reunião bimestral deste ano. Na ocasião, José Carlos Cavalcante, coordenador de Administração Tributária da Secretária da Fazenda (Sefaz), abordará as estratégias que o Ceará pretende usar para fomentar as exportações de acordo com a Medida Provisória nº 585, de 23 de outubro de 2012. A MP dispõe sobre a prestação de auxílio financeiro pela União aos estados, ao Distrito Federal e aos municípios no exercício de 2012, com o objetivo de incrementar as vendas externas brasileiras.
De acordo com a MP, os estados terão direito a 75% do total desses recursos, o equivalente a R$ 1,462 bilhão, enquanto os municípios terão 25% ou R$ 487,5 milhões. As parcelas destinadas ao Distrito Federal, aos estados e aos municípios serão proporcionais aos coeficientes individuais de participação. Do valor a ser repassado aos estados e municípios, o Tesouro Nacional irá deduzir os valores das dívidas vencidas e não pagas daquela unidade da federação. Primeiro, serão deduzidas as dívidas contraídas na União, em seguida, as dívidas contraídas com garantia da União, inclusive a dívida externa, e, ainda, as dívidas contraídas pela administração indireta dos estados.

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Diárias dos hotéis serão monitoradas pelo governo

Hotéis deverão se enquadrar na política de "boa recepção"
e não poderão cobrar preços abusivos.
O ministro do Turismo, Gastão Vieira, afirmou ontem que o governo vai monitorar o comportamento das diárias de hotéis para evitar preços abusivos durante a Copa das Confederações, em junho. Depois de visitar o presidente da Câmara, deputado Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), o ministro disse que esse acompanhamento já foi feito e teve sucesso durante a Rio+20, no Rio de Janeiro. Ele garantiu que não haverá preços abusivos nas seis cidades-sede da Copa das Confederações e nem nos demais eventos esportivos.
"Preços abusivos, definitivamente, não (teremos na Copa das Confederações). Vamos fazer um acompanhamento. A partir de agora, vamos controlar o valor das diárias conjuntamente, tanto o governo, por meio da Embratur, como os proprietários e as entidades do setor. Vamos chegar a um entendimento tão bom quanto o da Rio+20", disse Gastão Vieira.
O ministro disse ainda que já foram realizadas reuniões com os representantes do setor hoteleiro em São Paulo e, também, em Brasília. Segundo o ministro, o controle está sendo feito por meio de acompanhamento das diárias. Ele acredita que o clima de diálogo evite qualquer possibilidade de punição ou de intervenção no setor.
Ele disse que o governo também tem combatido o alto valor das passagens aéreas, por meio de um aumento da oferta de assentos. Segundo ele, o turismo no Brasil é muito caro.

Ceará inicia 2013 com mais de 10 mi de linhas ativas de celular

Telefonia celular cresce a cada ano o número de usuários
O Brasil terminou janeiro com 262,257 milhões de linhas ativas na telefonia móvel. Durante o mês passado foram registradas mais de 482 mil novas habilitações, o que representa um crescimento de 0,18% na base de assinantes de celulares em relação a dezembro. No Ceará, as linhas ativas somam 10,2 milhões, entre pré e pós-pagas. O Estado teve ligeiro aumento em relação a dezembro de 2012. São 9,1 milhões de linhas pré-pagas e pouco mais de 1,1 milhão de pós. Os dados são da Anatel.
O mais recente balanço da telefonia móvel mostra que o País atingiu uma "teledensidade" de 132,93 acessos por cem habitantes Isso significa que há mais de um celular para cada brasileiro. Em dezembro de 2012, a teledensidade era de 132,78 celulares para cada cem habitantes.
A mais elevada teledensidade foi apurada no Distrito Federal, com 219,79 celulares para cada cem habitantes. O Maranhão apresentou a mais baixa teledensidade, com 90,49 acessos para cada grupo de cem pessoas. São Paulo, o Estado com maior quantidade de celulares (63,370 milhões, ou seja, 24,16% de todo o País), apresentou no mês passado teledensidade de 150,56 celulares para cada cem habitantes.
Do total de celulares ativos no final do mês passado, os acessos pré-pagos somavam 210,77 milhões (80,37%) e os pós-pagos representavam 51,49 milhões pós-pagos (19,63%). A banda larga móvel totalizou 59,27 milhões de acessos.
Na divisão de mercado, a Vivo ficou em primeiro lugar, com 75,806 milhões de acessos (28,91%). A TIM ficou com a segunda posição, com 70,597 milhões de terminais (26,92%). A Claro obteve o terceiro lugar, com 65,555 milhões de acessos (25%) e a Oi ficou na quarta posição, com 49,438 milhões (18,85%).

Alagoas é o segundo do NE em distribuição de renda

Reunião do governado de Alagoas Teotonio Vilela Filho
durante encontro do Alagoas tem Pressa
Alagoas é o segundo Estado do Nordeste e o 13º do ranking nacional em distribuição de renda na economia. Os dados foram concluídos após a verificação dos indicadores apresentados na 11ª Reunião de Monitoramento Estratégico do Programa Alagoas Tem Pressa, realizada nesta quinta-feira, 21, na Secretaria de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico (Seplande), entre o governador Teotonio Vilela Filho e secretários estaduais.
De acordo com uma pesquisa realizada pelo Instituto de Estudos de Trabalho e Sociedade (IETS), o indicador concentração de renda no Estado de Alagoas passou de 0,57 para 0,52, entre os anos de 2009 e 2011. O número alcançado supera a meta para 2014, que era de 0,54. 
A equipe de monitores do Alagoas Tem Pressa é a responsável por acompanhar os 115 indicadores de Governo, setoriais e de projetos, distribuídos entre as seis áreas de resultados do Programa. O indicador concentração de renda é de governo, pois o seu resultado depende de ações de todas as secretarias, e seu êxito reflete na área de resultado Erradicação da Pobreza Extrema, Redução da Pobreza e da Desigualdade.
Segundo eles, o Estado apresentou a quarta maior queda no âmbito nacional, ficando atrás apenas dos estados do Acre, Paraíba e Piauí. Em dois anos, Alagoas subiu 14 degraus no ranking nacional, pois em 2009 sua posição era a 27ª.
“Esse resultado demonstra que a população alagoana, nos últimos anos, tem tido mais acesso à renda direcionada, seja nas transferências governamentais e programas assistencialistas, como também pela geração de receita ocorrida com a inclusão produtiva”, afirmou o governador Teotonio Vilela Filho.
O desempenho positivo do número de empregos formais, que variou em 40% entre 2009 e 2011, passando de 359.035 para 497.898, deve-se ao incremento de mais de 60% na atração de novos negócios para o Estado. “Esse número pode ser traduzido nas quase 70 novas indústrias, nos 30 empreendimentos comerciais de grande porte e 25 novos hotéis instalados em Alagoas nos últimos cinco anos”, disse o secretário de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otavio Gomes.
Os ganhos de rendimento relacionados a avanços em educação também contribuem para explicar o resultado satisfatório obtido pelo indicador, pois, ao mesmo tempo em que o número de pessoas alfabetizadas cresceu em 6,5%, o índice de analfabetismo reduziu em 11,5%. O número de anos de estudos da população também aumentou, a proporção de pessoas que tinham entre zero a um ano de estudo passou de 18% para 22% e a parcela que apresentava mais de cinco anos de estudo saiu de 49% para 54%, podendo aspirar melhores salários.
As transferências federais também contribuem para o resultado positivo obtido por Alagoas. Durante o ano de 2011, chegou ao Estado uma quantia que atingiu aproximadamente R$ 3 bilhões, através de programas de proteção social como o Bolsa Família.

A "novela política" do sistema portuário brasileiro

Porto de Santos/SP, o mais importante do País está no
centro das discurções.

Um mês e meio depois de lançar um pacote de investimentos e mudanças regulatórias nos portos para baratear o frete e dar mais competitividade aos produtos brasileiros, o governo discute uma proposta para reajustar em 58,2% as tarifas cobradas dos usuários do Porto de Santos (SP), o maior do País.O aumento seria dividido em três parcelas: 25% de imediato e duas parcelas de 12,5% a partir de 1º de janeiro de 2014 e 1º de janeiro de 2015. A elevação dos preços foi proposta pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) e, para entrar em vigor, depende do sinal verde do Ministério da Fazenda.A Antaq explica que a tarifa estava sem aumento desde 2005, quando foram elevadas em 22,67%. Os recursos serão utilizados para investimentos no porto, como dragagem de canais. A proposta foi aprovada pelo Conselho de Autoridade Portuária (Cap) de Santos, formado por governo, Docas, empresas e trabalhadores.O momento escolhido para essa discussão, porém, foi ruim para o governo, por ser um elemento a mais na tumultuada tramitação da Medida Provisória (MP) dos Portos, a 595. Na quarta (20), os líderes governistas enfrentaram mais de uma hora de debates sobre regimentos antes de instalar a comissão mista do Congresso que analisará a MP. Parlamentares ligados aos trabalhadores portuários que haviam assinado a lista de presença decidiram retirá-la com o intuito de "derrubar" a sessão.A intenção de elevar as tarifas reforçou o argumento da Força Sindical, de que a MP foi feita para privilegiar os portos privados e prejudicar os públicos. O presidente da central, o deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho (PDT-SP), divulgou nota sobre a decisão. "O aumento de 58% no pedágio portuário é, conjugado com a MP 595, o tiro de misericórdia no porto público de Santos", diz o documento. "O governo demonstra que não tem estratégia nem tampouco conhecimento da questão portuária." A nota informa que a taxa cobrada dos arrendatários para movimentação de contêineres subirá de R$ 46,54 para R$ 73,53.O Ministério da Fazenda, a quem cabe a palavra final, pediu mais informações à Antaq, numa indicação que a decisão pode demorar. A Secretaria de Portos também vai se manifestar, conforme prevê a MP 595.O jornal O Estado de S. Paulo apurou que o reajuste de 25% em 2013 está praticamente descartado. O governo estuda conceder uma parte neste ano, mas num patamar muito inferior. Em caso semelhante, um reajuste de tarifas cobradas de companhias aéreas, previsto para janeiro, foi cancelado pelo governo em dezembro.A presidente Dilma Rousseff se envolveu na medida e, segundo interlocutores, citou "falta de bom senso" em elevações de dois dígitos em taxas públicas justamente quando há esforço na direção contrária. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Águas do "Velho Chico" somente em 2014

Obras em atraso e com apenas 120 operários em Jati
As obras da transposição do Rio São Francisco começaram no início do último janeiro no município cearense de Jati, que dista 525 quilômetros da Capital. Por lá, onde está o trecho mais atrasado da transposição, por enquanto, ainda são 120 pessoas envolvidas no trabalho de preparar a barragem já existente para receber as águas do "Velho Chico".Mas os trabalhos deverão ser intensificados porque a promessa, que é um dos grandes desafios do projeto, é fazer com que as águas do Velho Chico cheguem ao Ceará ainda em setembro do próximo ano, sendo despejadas no reservatório e dele partindo para outras frentes.Segundo o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, as obras desta e das demais barragens que serão construídas no Ceará, que fazem parte da meta 2N, ainda vão mobilizar 1.800 pessoas. No momento, a etapa está concentrada na implantação do canteiro de obras e na preparação da barragem de Jati, com supressão vegetal, destocamento e limpeza, estando também em atividade as equipes de fauna, flora e de arqueologia.Quando a água chegar ao Jati, percorrendo aproximadamente 150 quilômetros desde Cabrobó, em Pernambuco, passando ainda por Salgueiro (PE) e Penaforte (CE), o governador do Estado, Cid Gomes, espera que seja dada funcionalidade ao projeto do governo federal por meio de sua interseção com o Cinturão das Águas do Ceará."Ficaremos, no Ceará, com o melhor manejo de águas dos estados da Transposição, com o Cinturão das Águas", garante Cid. O Cinturão se constitui de um grande sistema de canais para a condução das águas do São Francisco para a 93% do território cearense.O projeto, como um todo, envolverá um investimento de R$ 7 bilhões, com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A primeira etapa do empreendimento está em fase de licitação e os projetos das empresas concorrentes foram recebidos na última semana, segundo o governo.

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

Sobe para 122 o número de cidades com chuva no Ceará

Funceme prevê chuvas em todo estado 

Subiu para 122 o número de cidades com chuva no Ceará,segundo balanço da Fundação Cearense de Metereologia (Funceme). Entre a última quinta-feira, 14, até as 11h17min desta sexta-feira, 15,  todas as regiões do Estado tiveram registros de precipitações. 
Na Capital foram 19,6 milímetros de chuva, a maior do Litoral da Região Metropolitana de Fortaleza. O município com o maior volume foi Tamboril, com 61 milímetros. Choró fica em segundo lugar, com 56 milímetros, e, em seguida,Itapipoca, com 55 milímetros. 
A previsão da Funceme é que, devido à aproximação da Zona de Convergência Intertropical, o céu deva permanecer nublado a parcialmente nublado com chuvas isoladas em todo o Estado do Ceará. Umidade relativa do ar varia em torno 75% a 60%.

Quadra chuvosa
Marcando o início da quadra chuvosa de 2013 no Estado, entre quarta-feira, 13, e quinta-feira, 14, choveu em 65 municípios. A maior precipitação ocorreu em Barroquinha, onde foram registrados 102 mm.

sábado, 9 de fevereiro de 2013

Carnaval poderá ser com chuva

Possibilidade de chover no litoral cearense neste Carnaval
O folião cearense pode brincar o Carnaval com chuvas. A previsão da Fundação Cearense de Meteorologia e Recurso Hídricos (Funceme) para o período momino é de predomínio de céu parcialmente nublado a claro, com tendência de chuvas isoladas em todas as regiões cearenses, principalmente na faixa litorânea, região da Ibiapaba e sul do Estado.
Conforme o meteorologista Leandro Valente, a tendência para hoje é de precipitações, principalmente nos municípios das regiões litorânea, Ibiapaba e sul do Estado. "Isso é devido a chamada Zona de Convergência de Umidade que transporta a umidade para a região nordestina e pode favorecer a formação de nuvens", explica.
Para o domingo e segunda-feira a tendência, segundo a Funceme, é também de chuvas em todo o Estado. "Um vórtice ciclônico de alto nível que se formou no Oceano Atlântico se desloca para o continente, favorecendo as chuvas próximas as bordas, de forma que pode ocorrer precipitações no Ceará, de forma isolada ou seja, pode chover em alguns municípios, como também chover na maioria deles", ressalta o meteorologista.
Leandro Valente explica que sistemas meteorológicos secundários ainda estão atuando sobre o Oceano Atlântico, podendo favorecer ou não a formação de nuvens sobre o Ceará. Leandro explica que esses sistemas têm como características a baixa previsibilidade.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Maceió ganha empreendimento turístico intenacional

Torres do Century Office and Suites em
Century City, Califórnia,USA
O secretário de Estado do Planejamento e do Desenvolvimento Econômico, Luiz Otavio Gomes, recebeu, nesta terça-feira, 5, a visita do diretor da Record Incorporações, Planejamento e Construções, Hélio Abreu, que comunicou o lançamento de um novo empreendimento imobiliário hoteleiro em Maceió, focado no turismo de negócios.
O Century Office e Suites será instalado na Rua Mário de Gusmão, no bairro da Ponta Verde, e sua inauguração está prevista para acontecer no próximo dia 5 de março. Na oportunidade, o secretário Luiz Otavio Gomes ministrará uma palestra sobre os eixos de desenvolvimento de Alagoas.
“Maceió vai ganhar um empreendimento inovador, voltado para o turismo de negócios, setor que ainda precisa ser mais explorado em todo o Estado. Um espaço com esse conceito é mais uma ferramenta na captação de novos investimentos em Alagoas”, avaliou o secretário Luiz Otavio Gomes.
Segundo o diretor da Record, o empreendimento está sendo construído com um conceito moderno aplicado nas grandes cidades do mundo, chamado condo-hotel. “A ideia é que, em um mesmo espaço, o empresário possa se hospedar e realizar suas reuniões. É um projeto grande e é a prova do quanto acreditamos nos caminhos traçados pela atual gestão de Governo, focada no desenvolvimento alagoano. É a confiança traduzida em investimentos”, afirmou Abreu.
O condo-hotel é um empreendimento que tem a estrutura operacional hoteleira, mas com 100% de unidades autônomas que podem ser compradas por investidores, assim como acontece com algumas unidades de apart-hoteis. Serão ofertados de 249 leitos, 166 salas comerciais e nove lojas, além de uma estrutura de auditório e restaurante.

Produtores cearenses de leite receberão aumento

A Leite bovino compõe o programa do Governo Federal
Leite Fome Zero e distribuídos as famílias carentes
Em reunião realizada ontem, 6, na Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA), com representantes da Câmara Setorial do Leite, o secretário Nelson Martins comunicou aos produtores a decisão do Conselho Nacional de Segurança Alimentar (Consea) de que o preço do leite pago aos fornecedores do Programa Leite Fome Zero será reajustado a partir de março deste ano para R$ 0,95 até setembro.
O Secretário destacou que espera dos produtores o compromisso de fornecer ao Estado 90 mil litros de leite por dia durante todo o ano de 2013 para o Programa Leite Fome Zero. “Nós queremos este compromisso dos fornecedores do leite, já que atendemos a reivindicação para aumentar o preço”, destacou.
O Programa Leite Fome Zero é uma parceria com Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) para o fornecimento de leite (bovino e caprino) para famílias em situação de insegurança alimentar e nutricional. Para fortalecer a cadeia produtiva do leite, agricultores familiares fornecem leite para o Programa.
Através do Programa Leite Fome Zero foram distribuídos, em 2012, aproximadamente 22,5 milhões de litros de leite bovino e 436 mil litros de leite caprino, produzidos por agricultores familiares com recursos totais de R$ 28,4 milhões em parceria com o MDS.

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Ceará sediará o maior evento sobre energia renovável

Ceará lidera o ranking nacional com 19 parques eólicos
como este acima em Trairi. Tem espaço para crescimento
O Ceará sediará, entre os dias 11 e 13 de março, a sétima edição do maior evento da América Latina sobre o setor, o All About Energy. Com expectativa de receber aproximadamente 150 expositores durante seus três dias, o evento pretende alavancar ainda mais os investimentos no Estado. Conforme o gerente de marketing do 7º All About Energy, Felipe Oliveira, apesar de já ser o maior produtor de energia eólica do Brasil, o Ceará ainda possui um grande potencial inexplorado. "Obviamente que o evento pretende levantar questões gerais sobre o setor, mas, nesta edição específica, estamos com o tema ´Ceará, polo de energias renováveis´ justamente para aproximar os empresários da região, que tanto ainda pode crescer", comenta Oliveira.
O All About Energy, lançado oficialmente ontem no auditório Luís Esteves Neto, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), será realizado no Centro de Eventos do Estado e deve receber cerca de 5 mil visitantes durante seus três dias. Na cerimônia de ontem, foi apresentada aos convidados a maior parte da programação do evento, como palestras, conferências, e outras atividades que farão parte da feira.
Para Oliveira, o evento pode, inclusive, trazer benefícios diretos para a população cearense. "Com mais investidores olhando para o Estado, a renda pode crescer e mais empregos podem ser gerados. O governador Cid Gomes, aliás, já tem um jantar agendado com algumas empresas do setor, como a paulista, Renova Energia", explica o gerente de marketing do evento.

Média de empregos no Ceará á a maior do NE


Em 2012, o Ceará não conseguiu criar o mesmo número de empregos formais quanto no acumulado do ano imediatamente anterior. Porém, ficou com participação acima da média na década em relação aos demais Estados da região nordestina. Os dados são do levantamento denominado Enfoque Econômico nº 59, Evolução do Emprego Celetista 2003 a 2012.
Em 2012, o Ceará não conseguiu criar o mesmo número de empregos formais quanto no acumulado do ano imediatamente anterior. Porém, ficou com participação acima da média na década em relação aos demais Estados da região nordestina. Os dados são do levantamento denominado Enfoque Econômico nº 59, Evolução do Emprego Celetista 2003 a 2012.

Refinaria do Cerá sem data para inicio das obras

Refinaria Premium II no Complexo Portuário do Pecém. Terreno
não é o problema, segundo o governador Cid Gomes
O governador Cid Gomes afirmou recentemente que o início das obras da refinaria Premium II só dependia da Petrobras e que pedirá à presidente Dilma Rousseff que interceda no caso, cobrando um cronograma para as primeiras intervenções no terreno onde o empreendimento será instalado, a estatal ainda não apresentou um posicionamento sobre quando começará de fato a construção.
Na última semana, o governador voltou a afirmar que a desapropriação do terreno que irá compor a Reserva Indígena Anacé não é - e também nunca foi - impedimento para que as intervenções comecem. O verdadeiro entrave, comentou, é de ordem financeira. Ele também informou que solicitou uma audiência com a presidente para tratar do assunto. O encontro deve ocorrer na próxima semana.
Questionada, ontem, sobre as declarações do governador e se possui um cronograma para o início das obras, a Petrobras limitou-se a informar, por meio de sua assessoria de imprensa, que "o status do projeto continua inalterado. Ou seja, está em avaliação, como consta no Plano de Negócios 2012-2016".

Novo prazo para pagamento do garantia safra

Programa garantia Safra é um incentivo do Ministério do
Desenvolvimento Agrário (MDA)
O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) prorrogou até o dia 28 de fevereiro o prazo para os agricultores familiares paguem o boleto de adesão ao Garantia-Safra 2013. A solicitação foi feita pelo Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA).
Até as 16 horas do dia 31 de janeiro, 271.870 agricultores haviam efetuado o pagamento da adesão ao benefício. 311.638 agricultores estão inscritos com sucesso no programa em 2013, faltando 39.768 agricultores pagar os boletos.
O secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, destacou que o trabalhador rural deverá pagar R$ 9,50 para aderir ao programa. “É importante que os agricultores cadastrados pagem o benefício para que ninguém deixe de receber”, completou. O secretário destacou ainda que as previsões da Fundação Cearense de Metereologia e Recursos Hídricos (Funceme) apontam para 45% de chances de um inverno abaixo da média. “Mais um motivo para que os agricultores não deixem de aderir”, completou.
Os agricultores familiares devem procurar seus boletos nas Prefeituras Municipais, os escritórios da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce) ou os sindicatos rurais. Para mais esclarecimentos, os agricultores ainda podem ligar para o número 0800.2803300.
Para 2013, o Programa Garantia-Safra vai pagar R$ 760, dividido em cinco parcelas de R$ 152. Os municípios pagam R$ 28,50, os Estados pagarão R$ 57,00 e a União vai contribuir com o valor de R$ 190,00, por cada agricultor cadastrado.
Em 2012, foram aproximadamente 240 mil agricultores cadastrados no Garantia-Safra. O benefício foi pago dividido em 10 parcelas, sendo 9 pagas pelo Governo Federal e uma paga pelo Governo do Estado do Ceará

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

FIEC promove encontro sobre linhas de finaciamentos


A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), por meio dInsituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará (INDI), promove nessa terça-feira, 5 de fevereiro, às 9h, um encontro com o superintendente de Produtos Pessoa Física e também especialista em repasses do BNDES do Banco Santander, Carlos Rossi. 
A reunião será realizada no auditório José Flávio Costa Lima, térreo do edifício Casa da Indústria, sede do Sistema FIEC. Na ocasião, serão apresentados os produtos, linhas e programas de financiamento do BNDES junto ao Santander, com taxas a partir de 3% ao ano.



João Pessoa recebe a primeira loja do Extra

Extra Supermercado chega a J. Pessoa no bairro Bancários
A rede de supermercado Extra inaugura sua primeira unidade na capital Paraibana, na próxima quarta-feira, 6, no bairro Bancários. Com a nova unidade, a marca amplia sua presença no Estado que já totalizava quatro empreendimentos na Paraíba, sendo dois hipermercados e um posto de combustível. 
A loja tem foco na alimentação, bebidas, hortifrutis e bazar e traz um novo conceito, baseado na convergência de serviços e vantagens para valorizar a relação e o tempo do consumidor. Segundo Luís Carlos Araújo, diretor regional do Grupo Pão de Açúcar, o Extra Supermercado é resultado de uma mudança no comportamento de compra do consumidor, que prioriza cada vez mais a compra inteligente, em que pesam fundamentalmente a qualidade dos produtos, variedade, preço, facilidade de pagamento, oferecidos por um atendimento simpático e próximo.

Campus Party Brasil 2013 será em Recife

Governado de Pernambuco Eduardo Campos com integrantes
da Campus Party Brasil durante solenidade de lançamento
Pernambuco voltará a sediar uma edição da feira Campus Party Brasil no mês de julho. O anúncio foi feito na manhã deste sábado, 2, pelo governador Eduardo Campos, que esteve no Anhembi Parque, em São Paulo, onde ocorre a sexta edição do evento no País. Assim como ocorreu em 2012, a segunda edição da Campus Party em solo pernambucano será no Recife.
“Quero convidar a todos para que voltem ao Recife em julho deste ano, para um evento muito maior e muito melhor”, anunciou o governador, que esteve na feira junto com o prefeito do Recife, Geraldo Julio. Eduardo circulou pela Campus Party e adquiriu um kit do evento, com caneca e camiseta.
Para o governador, o retorno da Campus Party demonstra que Pernambuco se consolida cada vez mais como um polo de grandes eventos nacionais. “Nosso Estado possui centro de convenções, uma grande rede hoteleira, uma posição logística privilegiada, no centro do Nordeste, um grande aeroporto e sobretudo um povo muito acolhedor. Pernambuco é hoje um polo de excelência em tecnologia de informação de classe mundial, graças ao Porto Digital e às nossas universidades. Queremos que a Campus Party se incorpore no calendário dos grandes eventos do nosso Estado”, destacou.
Entre 26 e 30 de julho de 2012, a capital pernambucana sediou a primeira edição da Campus Party no Nordeste brasileiro. Ao todo, mais de 60 mil pessoas passaram pela área Expo, aberta ao público. “Campuseiros” de 20 Estados se inscreveram para o evento, sendo 65% vindos de Pernambuco. Foram cerca de 180 atividades com mais de 200 horas de conteúdo.
A Campus Party nasceu na Espanha, em 1997. Desde então, o evento tem sido se expandido para outros países, entre eles Colômbia, Estados Unidos, México e Equador, além do Brasil, reunindo importantes nomes da área de tecnologia, inovação e cultura digital têm marcado presença. O Brasil é o único país do Mundo que possui duas edições anuais da Campus Party.

Cid Gomes suspende repasses para o Carnaval


Governador do Ceará Cid Gomes toma decisão coerente
O governador Cid Gomes (PSB) determinou a suspensão de todo e qualquer repasse para as Prefeituras que tradicionalmente realizam festa de Carnaval. Segundo a assessoria de imprensa do Palácio da Abolição, a decisão foi tomada em razão do momento de contenção de gastos e, principalmente, por causa da seca que vem atingindo a maioria das cidades.
A medida atinge cerca de 50 municípios que recebiam entre R$ 50 mil e R$ 150 mil. Aracati, Caucaia, Limoeiro do Norte e Beberibe entraram nessa lista. Algumas prefeituras também não receberiam por questão de inadimplência com o Estado.
O Palácio da Abolição não informou quanto seria o gasto com esses repasses do Carnaval.
Há quem interprete a medida como resultado dos questionamentos que o Ministério Público Estadual vem fazendo sobre gastos do Estado com festas de inauguração de obras.
Os editais da Secretaria de Cultura do Estado para agremiações carnavalescas foram mantidos. Essa verba vem do fundo estadual da cultura.
Na verdade, o bom seria se TODOS os prefeitos dos municípios atingidos pelas consequências da seca, espontaneamente suspendessem as verbas para as festividades públicas até que se normalizasse a situação. Bom senso e caldo de galinha não faz mal a ninguém,né?

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Fortaleza é citada por jornal Espanhol como "O melhor clima do Brasil"

Jornal Espanhol Marca é especializado em Futebol

Temperatura média de 27ºC e umidade de 72%. Estes são os fatores que fizeram o jornal esportivo Marca, principal periódico da esportes da Espanha, definir Fortaleza como o ‘melhor clima do Brasil’.
Palco do terceiro jogo da seleção campeã do mundo na Copa das Confederações, e possível palco de uma semifinal com a presença dos espanhóis, Fortaleza há tempos ‘namora’ com a presença da delegação daquele país.
Uma delegação vinda da Espanha esteve na capital cearense logo após o sorteio para o evento.
Secretário fala em torcida pela Fúriamatéria do Marca destaca a fala do secretário de turismo do Ceará, Bismarck Maia, que esteve em Madri esta semana, participando do Goal to Brasil, evento que percorre a Europa para divulgar as sedes da Copa do Mundo 2014.
“No Mundial passado, todos apoiamos a Espanha após o Brasil ser eliminado”, disse Bismarck, que ressaltou ainda a vontade de que a semifinal na capital cearense fosse disputada por Brasil e Espanha. “Seria uma grande partida, que tornaria conhecida nossa região em todos os níveis, muito hospitaleira, com a Arena Castelão, que acaba de ser inaugurada para 62 mil lugares”, ressaltou.
O Marca destaca ainda que o Ceará foi o estado que mais investiu no Mundial, além de que haverá sedes mais ao sul que estarão frias nessa época.

Incêndio no Shopping Patio Dom Luis em Fortaleza

Chamas branca se propagaram na parte exterior do shopping
Um incêndio atingiu o shopping Pátio Dom Luís, na manhã desta sexta-feira, 1º, no bairro Aldeota. De acordo com informações do Coronel Leandro, do Corpo de Bombeiros, a situação do local já está controlada e ninguém ficou ferido. O fogo teria se iniciado a partir de uma churrasqueira do restaurante Murano Grill,  que fica no térreo do estabelecimento, e se espalhou por panos de pratos causando um "princípio de incêndio".Segundo a administração do Pátio Dom Luís, o fogo foi controlado inicialmente pela brigada de incêndio do próprio shopping. Depois, o Corpo de Bombeiros terminou de debelar o fogo. Ainda de acordo com a administração, a grande fumaça branca foi provocada por uma falha nos exaustores do restaurante.O prédio foi evacuado e as pessoas estão impedidas de entrar até que o exaustor do shopping expulse toda a fumaça do local."A pedido do Corpo de Bombeiros, passamos um comunicado para todas as pessoas dos escritórios e apartamentos para evacuarem o local. As pessoas só poderão entrar agora quando toda a fumaça sair. Isso deve acontecer por volta das 14 horas", disse Márcio Miranda, coordenador de marketing do shopping.